Posso ir a uma casa de swing só para ver como funciona?

Posso ir a uma casa de swing só para ver como funciona?

A curiosidade é grande no que diz respeito a swing. Toda a gente já ouviu falar. Uns recriminam, outros adoravam experimentar, muitos têm vergonha de falar sobre o assunto. Apesar de tema tabu, o swing é algo natural e cada vez mais praticado por casais de todos os cantos do mundo. Com uma mentalidade cada vez mais aberta e livre de preconceito, muitos são os que se aventuram neste estilo de vida.

Quando a ideia de praticar swing surge num contexto mais sério, nem todos se sentem à vontade. Surgem as dúvidas, os medos os receios de passar do fetiche à ação. Há algum mistério envolto em torno do swing, e são vários os homens e mulheres com bastante curiosidade a seu respeito. E daí, muitas pessoas se questionam. Posso ir a uma casa de swing e ficar só a ver?

Sim pode. O swing é uma prática onde tudo é permitido mas nada é obrigatório. Este é o lema deste estilo de vida, cada vez mais presente em vários países e culturas. Se gostava de saber como é, visite um destes espaços sem compromisso. Aliás, muitos são os que vão apenas para praticar o voyeurismo pelo que não há que sentir vergonha. Há salas próprias para isso e muito mais. Para além disso, são várias as práticas possíveis. Desde swing puro, a sexo a três, orgias ou mesmo os casos onde apenas um dos elementos do casal se envolve, há gostos e companhia para todos os gostos.

 

Se sentir vontade de embarcar numa experiência a três ou a quatro, está a tempo. Se por outro lado descobrir que este não é o modo de vida que pretende seguir, não há problemas. Ao contrário do que as pessoas geralmente acreditam, o clima é de respeito, onde ninguém é obrigado a fazer nada. Pode vir embora sempre que quiser pois ninguém o vai pressionar.

Se está com dúvidas, não há como conhecer as pessoas que o praticam. Desde médicos, advogados a pessoas da classe alta, se calhar ficará surpreendido por conhecer os praticantes de swing.

 

O importante é levar uma mente aberta e livre de preconceito. Neste momento existem cerca de 25 clubes em Portugal e uma comunidade online em constante crescimento. Por isso não tenha vergonha. Embora a monogamia ainda predomine, nada há de errado em pensar um pouco fora do comum.

About the author

Related

JOIN THE DISCUSSION

seven − 1 =