Leve-o à loucura com sexo oral

Leve-o à loucura com sexo oral

Todos os homens gostam de receber sexo oral mas para quem dá nem sempre esta é uma tarefa fácil devido às dúvidas que surgem na hora H.

Quem não assiste a muitos filmes eróticos ou não teve muitos parceiros sexuais pode não saber como estimular o pénis da melhor forma para proporcionar orgasmos intensos. Além disso cada homem tem as suas preferências embora existam alguns pontos em comum. Conheça alguns truques a usar para que a experiência não seja dolorosa ou cansativa para um dos dois.

1. Comece por tomar um banho com o parceiro. É importante que o odor e sabor sejam agradáveis para quem vai oferecer sexo oral e o banho até pode ser um excelente preliminar. E se se sentirem confortáveis porque não começar logo ali? Use um sabonete líquido oleoso e massaje-o de cima a baixo de uma forma sensual. Use e abuse dos beijos e quando ele começar a fica excitado parta para a ação. Basta terem cuidado para não escorregar.

2. Um bom lubrificante é essencial. A saliva é por norma a melhor forma de lubrificação mas podem variar um pouco e usar um lubrificante com sabor.

3. Comece por estimular o parceiro com a ponta da língua. Não precisa de se ficar só pelo pénis, acariciar os testículos e a zona interna das coxas costumam fazer as delícias de quem recebe sexo oral. Faça movimentos suaves em torno da uretra e de uma ponta à outra do pénis. Vai alternado estas carícias com o sexo oral para que não se torne cansativo.

4. Quando chegar a altura de o colocar todo na boca é importante saber até onde consegue ir. Ao ir demasiado fundo pode fazer com que se engasgue o que vai cortar o clima e, claro, não será agradável para quem está a fazer o sexo oral. A posição aqui é fundamental. É importante procurar uma posição em que a boca e a garganta fiquem alinhadas para facilitar o processo. O 69 costuma ser uma posição fácil para ambos. Se começar a cansar, alterne com masturbação, estímulo com a língua etc. Só vai ajudar a excita-lo ainda mais.

5. Não use anestesiantes. Isto é válido para qualquer prática sexual e o sexo oral não é exceção. É importante que sinta todos os movimentos e quando se está a magoar. Assim evita problemas na garganta.

6. Se ele está quase a atingir o orgasmo, faça o que fizer não pare. É importante manter os movimentos para que ele não deixe de sentir prazer. Claro que pode optar por continuar com a boca ou não. Há quem não se sinta confortável em deixar o parceiro ejacular na sua boca e o importante é fazer a passagem para o estímulo manual mantendo a pressão e velocidade certas. Se ele disser que está quase lá, é mesmo aí que deve aumentar a velocidade, apertar as nádegas dele contra si, fazer um último esforço para que ele tenha um orgasmo intenso.

About the author

Related

JOIN THE DISCUSSION