Mitos das casas de swing

Alguns mitos continuam a ser perpetuados e a conclusão a que se chega é que muitas pessoas ainda não experimentaram o swing por ainda acharem que os clubes são locais sujos, depravados e sem respeito.

Embora a informação seja cada vez maior, ainda existem algumas dúvidas que atormentam as pessoas na hora de experimentar um clube de swing. Confira se ainda se identifica com alguma destas perguntas, e esclareça todas as suas dúvidas.

1.Um clube de swing é lugar onde se podem apanhar DST.

As casas de swing são geralmente bastante limpas e asseadas e o uso do preservativo não só é recomendado como é obrigatório. Para apanhar alguma doença sexualmente transmissível teria de ter algum comportamento de risco como praticar sexo desprotegido inclusive sexo oral. Mas a maior parte das casas de swing são mais higiénicas que discotecas ou bares. Porém, são necessários alguns cuidados básicos como usar toalhitas e gel desinfetante e não deixar roupas íntimas espalhadas pelo chão.

2.Toda a gente vai observar

Existem locais onde o público é permitido mas a escolha é sempre sua. Pode optar por um quarto privado onde apenas os envolvidos se observam e tocam. Se procura privacidade, esta é garantida.

3.Só vai encontrar pessoas bonitas, com corpos sensuais e atraentes

Um clube de swing tem pessoas de todos os tipos. Gordas magras, bonitas feias, novas ou velhas. Há pessoas casadas, solteiras, tímidas ou extrovertidas. Podem haver pessoas homossexuais, trans ou bissexuais. Mas não se preocupe pois todos são bem-vindos e respeitados. Mas é sua obrigação respeitar também.

Mitos das casas de swing

4.É obrigatório fazer swing

Nada é obrigatório num clube de swing. Embora a atenção seja focada nos casais que o pretendem fazer, pode sempre arrepender-se, mudar de ideias, ou ficar só a observar. Desde que todos estejam de acordo, tudo é permitido.

5.Sexo por todo o lado

Não é nada assim. Há locais próprios para a ação, mas existem espaços de convívio, muito semelhantes a um bar ou discoteca. Existe discrição, respeito e privacidade num clube de swing.

6.Está a trair o companheiro

Trair implica mentira, implica fazer algo que o parceiro desconhece o que não é o caso. Trata-se de uma atividade na qual dois adultos responsáveis decidiram embarcar. Aliás, os estudos demonstram que casais que praticam swing até traem menos. Ao praticar esta atividade os casais desenvolvem uma maior intimidade e os segredos entre os dois acabam.

7.Toda a gente vai descobrir

A maior parte dos frequentadores de swing regem-se por uma coisa “ o que acontece na casa de swing, fica na casa de swing”. Ninguém deve comentar o que se passou por isso não há razões para ter medo. Se não contar, ninguém vai descobrir.

8.Vale tudo.Mitos das casas de swing dois

Nada disso. Os clubes têm as suas próprias regras e os casais a maior parte das vezes também. Todos terão de estar de acordo para que alguma atividade vá em frente.

9. Conhecer um Clube.

A nossa sugestão é conhecer um dos maiores clubes nacionais inspirado no melhor que se faz no mundo, acabe com os mitos e conheça o XClube.

About the author

Related

JOIN THE DISCUSSION