Vibrador a dois? Sim por favor

Um vibrador é um acessório que qualquer mulher (e homem!) deveria ter. Embora alguns homens se sintam intimidados a usar o vibrador em casal, e algumas mulheres tenham vergonha de o pedir, garantimos que só existem vantagens de trazer o acessório para a cama.

Siga estas dicas e prepare-se para um sexo (a três) extraordinário.

 

Vibrador a dois? Sim por favor

•Escolham bem o acessório

Se vão levar esta aventura para a frente convém fazê-lo com um acessório que vos faça sentir bem. Se o elemento masculino do casal se sente de alguma forma intimidado pelo tamanho e grossura de alguns dildos e vibradores, comecem por algo simples e minimalista para que se habituem de forma gradual ao novo brinquedo. Nas sex shops encontra de tudo um pouco: vibradores de todos os tamanhos e feitos, os que provocam sensações de quente ou frio, para uso externo ou interno, com estrias para aumentar o prazer, com e sem fios e até para controlar remotamente. Nada como passarem uma tarde ou serão na sex shop a estudar bem todos os modelos que se encontram actualmente no mercado. Será uma experiência diferente e divertida que vos trará intimidade e excitação.

•Use e abuse

Podem optar por escolher um vibrador que se adapte aos dois. Se o homem afirma que nunca experimentaria um vibrador, saiba que há outras formas (e pouco invasivas) de o usar. A mulher pode deslizar suavemente o vibrador pelo corpo nu do homem sem o introduzir em lugar algum. Pode insistir nas zonas erógenas, virilhas, mamilos, pénis, testículos e região perianal (região entre o pénis e o ânus). Tanto eles como elas podem apostar nas experiências multi sensoriais: o homem lambe uma parte do corpo enquanto estimula a mulher noutra. Para a experiência ser ainda mais intensa podem usar uma venda e apostar nas sensações de quente e frio. Utilizem cera quente própria para o efeito ou um cubo de gelo. No final, ou periodicamente, invertam os papéis.

•Sexo Oral

Um vibrador torna o sexo oral ainda mais prazeroso para os dois. No caso de ser o homem a receber o sexo oral, a mulher pode estimular a zona perianal ou os testículos com o vibrador. Para os mais aventureiros, a mulher pode estimular a entrada do ânus. No caso da mulher, o homem pode introduzir ligeiramente o vibrador na vagina, zona perianal ou mesmo no ânus caso seja do agrado de ambos. Hoje em dia existem brinquedos sexuais que até já se podem colocar na língua facilitando o processo. O resto é fácil, é só dar uso à língua, à boca e principalmente à imaginação.

•Durante o sexo

Se a mulher está com dificuldades em atingir o orgasmo, um vibrador pode ajudar ou fazer verdadeiros milagres. Numa das alternativas, o homem pode penetrar a mulher por trás enquanto com a outra mão estimula o clitóris com a ajuda de um vibrador. O sucesso é quase garantido. Como alternativa, e principalmente se a mulher conhece bem o seu próprio corpo, deixe-a explorar e divertir-se com o auxílio deste brinquedo enquanto você faz o resto. Para o homem também poderá ser prazeroso já que irá sentir o corpo da mulher vibrar e ouvi-la gemer de prazer.

•Sem tabus

Usar um vibrador não significa que a mulher deixe de querer fazer sexo. É uma ajuda não um substituto. E o homem também deve perder os tabus e deixar que a mulher explore as regiões sensíveis do seu corpo com a ajuda do o vibrador. Afinal de contas, o sexo é para a proveitar o máximo e o preconceito é para ficar de fora. Usem e abusem!

About the author

Related

JOIN THE DISCUSSION