Pompoarismo, sabe o que é?

O Pompoarismo deve a sua origem ao sul da Índia, e consiste em contrair os músculos pélvicos com o intuito de aumentar o prazer, tanto do homem como da mulher.(O verbo pompoar significa contrair)

A prática fortalece a musculatura pélvica, sendo possível tornar as relações sexuais mais longas e intensas. Além disso, traz vários benefícios para a saúde da mulher.

No passado as jovens da Índia e Japão, nomeadamente as gueixas, eram ensinadas a contrair os músculos da vagina pelas próprias mães.

Na Tailândia, por exemplo, as jovens pompoaristas são conhecidas por conseguir massajar o pénis com a vagina, através da aplicação da técnica.

Houve até mulheres que transformaram o dom em arte, fazendo espectáculos nos quais arremessavam objectos com a vagina.

A técnica ainda é pouco conhecida em todo o mundo mas traz diversos benefícios à saúde e vida sexual. Além de aumentar a duração da relação e aumentar o prazer, ao fortalecer os músculos da região pélvica o Pompoarismo previne doenças como o prolapso da bexiga, a incontinência urinária, o afrouxamento da região pélvica e outros problemas do trato urogenital. A técnica ajuda a regular o trânsito intestinal, os ciclos menstruais e ainda previne disfunções sexuais da mulher. Para quem tem problemas de lubrificação a técnica é essencial, já que ao melhorar a circulação sanguínea, ajuda a reduzir a secura vaginal.
O pompoarismo ainda ajuda a mulher a descobrir o seu corpo, e toda a musculatura envolvente.

É possível treinar em casa embora existam cursos da técnica, ensinados por profissionais especializados, tanto online como presenciais.

Se quer começar, dez minutos por dia chegam perfeitamente. Se já tem experiência e quiser praticar um pouco mais, convém um intervalo de algumas horas entre sessões, de modo a promover o descanso muscular.

Pompoarismo

Se vai iniciar-se nesta aventura convém tomar algumas precauções. Se está grávida ou pensa estar, deve ter em conta que o exercício é desaconselhado em gravidezes até aos dois meses. Nesta altura surge um risco de aborto acrescido que podem decorrer de contrações uterinas. Convém sempre perguntar ao seu médico para o fazer em segurança.

Pessoas que sofrem de endometriose devem tratar o problema primeiro já que a prática pode provocar desconforto na região pélvica. Da mesma forma, deve tratar qualquer inflamação na região da vulva, útero, infecções urinárias ou outros problemas na região genital, antes de iniciar as sessões.

Alguns cursos aconselham o uso de acessórios como um vibrador ou dildo para treinar a musculatura vaginal, que devem ser bem higienizados antes e depois do uso, e não devem ser compartilhados com ninguém.

 

Se seguir estas dicas não há razões para não experimentar a aumentar o prazer na relação sexual. Pode tornar-se uma verdadeira mestre do pompoarismo e surpreender o seu parceiro.

About the author

Related

JOIN THE DISCUSSION