Bruna e Daniel: As dificuldades também chegam ao swing

As dificuldades também chegam ao swing .

Daniel quebrou uma regra e agora? Bruna conta como superou esta crise devido ao swing.

As dificuldades também chegam ao swing

Há quanto tempo praticavam swing quando o episódio aconteceu?
Foi numa das primeiras vezes. O Daniel convenceu-me a experimentar mas eu só estava a fim de ver e mesmo assim ainda não estava muito à vontade com o assunto. Fomos duas vezes em que não interagimos com ninguém. Para mim, a primeira vez foi muito estranha mas a segunda foi maravilhosa. Cheguei a casa cheia de vontade de estar com ele.

E para si como foi Daniel?
Era bom estar naquele meio mas eu queria mais. Tinha muitas fantasias para realizar e era por isso que estava ali.

O que aconteceu de errado?
Fomos uma terceira vez. Tínhamos combinado ficar a ver e talvez experimentar se o momento se proporcionasse. Mas eu ainda estava com dúvidas. Chegámos ao bar e o Daniel estava com uma atitude diferente. Percebi que algo não ia correr bem.

Como assim?
Menos compreensivo, com a garantia que ia acontecer algo embora tivéssemos combinado que teríamos de estar os dois com vontade. Ele quis ir meter conversa com outro casal quando também tínhamos acordado esperar para que viessem ter connosco. Quando a mulher do outro casal nos convidou, usei a palavra-chave que significava não. Mas ele ignorou e aceitou. Fiquei furiosa mas com vergonha de não aceitar, e com algum medo de a cena de ciúmes estragar a nossa noite e a do casal. Tentei manter uma mente aberta e lá cedi.

Porque o fez Daniel? Estava por em risco a sua relação..
Daniel: Sim, eu acho que naquele momento nem pensei.. O casal era interessante tinha os mesmos gostos que eu, a mulher era atraente e decidi fazer-me de despercebido quando a Bruna deu o sinal. Hoje vejo o quão incorrecto isso foi.

Como foi a experiência?
Bruna: Para o Daniel sei que foi boa, até porque pouco tempo depois de chegarmos ao quarto dei por mim a vê-lo penetrar a mulher do casal. Senti-me traída, mesmo estando ali de livre vontade. Mas por um lado não quis estragar o momento ao outro casal. Eles estavam a divertir-se e para todos os efeitos nós tínhamos aceitado o convite. Sei que o homem ficou desiludido porque eu não quis fazer nada de especial com ele. Deixei-o masturbar-me mas estava tão incomodada por dentro que só me apetecia ir embora.

E o Daniel?
Pensei que tinha terminado o meu casamento, percebi o tamanho da asneira que tinha feito. Tinha traído a minha mulher mesmo a frente dela.

Desistiram do swing?
Não digo que tenha desistido a 100% mas por um bom tempo não pretendo lá voltar. Estamos a trabalhar na nossa relação e se as coisas melhorarem talvez volte a dar uma chance. Mas é importante que estejamos em sintonia. Caso contrário as coisas podem correr muito mal.

Arrepende-se do que fez?
Sim muito. Sexo é bom mas valorizo a minha companheira e fui egoísta nesse dia. O sexo foi bom, mas nós já estamos juntos há muitos anos. Se um dia la voltar, não voltará a acontecer.

About the author

Related

JOIN THE DISCUSSION