A Auto-estima e o sexo

Embora afecte homens e mulheres, a baixa auto-estima leva grande parte das mulheres a perder o impulso sexual. A pressão social para um corpo perfeito, ou até más experiências no passado podem tornar a nudez e intimidade sexual num verdadeiro tormento.

Em alguns casos pode desenvolver-se mesmo um distúrbio sexual, caracterizado pela falta de libido e ausência de orgasmo. Afinal de contas, muita da nossa felicidade está intrinsecamente ligada à nossa autoestima. Mas nem sempre é fácil obtê-la. Confira os sinais e siga estas estratégias e exercícios mentais para que nada impeça uma vida sexual em pleno.

Espelho meu:

Comece por olhar-se ao espelho. É certo que ninguém é perfeito pelo que o mais provável é detetar alguns “defeitos” e imperfeições no seu corpo. Se tem uma gordura pouco saudável a mais, encha-se de coragem e inicie um plano de dieta e exercício físico a longo prazo para se tornar mais saudável. Mas até la nada de se esconder. Avalie quais são os seus pontos fortes, as partes do corpo mais bonitas e experimente lingeries e roupas sensuais de modo a encontrar o que a favorece mais. Enalteça as suas qualidades mas não odeie os “defeitos” Todas as mulheres têm um pouco de celulite, uma parte do corpo mais flácida ou partes do corpo que preferem a outras. Se umas acreditam ter seios pequenos, outras acham os seus fartos seios descaídos. Não há perfeição, mas aceite-se como é e aposte nas suas qualidades.

Saiba que o seu parceiro gosta de si

O seu parceiro com certeza não a escolheu por ter um corpo bonito. Ele vê-a como um todo e com certeza nem repara nos seus defeitos na hora de fazer sexo. Ele está excitado por si e não vai reparar naquela gordurinha a mais. E ele com certeza não será também perfeito certo?

Motivação acima de tudo

Para cada pensamento negativo que tiver, sobreponha um positivo. Se pensar “ Tenho celulite” contraponha com “ Mas tenho uns seios bonitos” e por aí em diante. Os homens gostam de mulheres com a autoestima elevada e sobretudo com atitude e iniciativa. Na hora do sexo não vão estar focados nesse defeito com que você tanto se preocupa e tenta esconder.

Lingerie sexy

Na hora H , nada mais excitante que uma ligerie sexy. Escolha algo que a favoreça e complemente com uma música ambiente que a faça sentir bem e com a auto-estima em cima. Se ainda está a vencer a vergonha e o medo, crie um ambiente com pouca luz, por exemplo à luz das velas. É romântico e vai ajuda la a relaxar. Se o quiser “cegar” de prazer faça um striptease e vai ver que ele irá olhar para todo o lado excepto esses “defeitos” que você tanto odeia”.

Fale com o seu companheiro

Ao deixar uma situação destas arrastar-ser poderá acabar por prejudicar o seu relacionamento. Fale com o seu parceiro, explique-lhe os seus medos e receios e vai ver que ele não só a irá compreender como ajudar a ultrapassa-los.

Procurar ajuda

Se já tentou todos os passos anteriores mas nada parece ajudar, consulte um psicólogo. A baixa autoestima pode ter várias causas, e algumas precisam de ajuda para serem ultrapassadas. Em alguns casos a fraca auto-estima de um adulto resulta da constante critica por parte dos pais em criança, ou podem ser resultado de uma situação traumática. Nestes casos, a psicoterapia ou em alguns casos a medicação podem fazer verdadeiros milagres.

About the author

Related

JOIN THE DISCUSSION